.comment-link {margin-left:.6em;}

quinta-feira, outubro 18, 2007

 

EDITORES ESCOLARES E OS TRIBUNAIS

Dizem os jornais (e os próprios já confirmaram) que as editoras escolares Porto Editora e Texto Editora foram alvo de investigações e buscas por parte de elementos do Departamento Central de Investigação e de Acção Penal, da Direcção-Geral de Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros e Direcção de Serviços da Inspecção Tributária, acompanhados por elementos da Brigada Fiscal - tudo no âmbito da chamada "Operação Furacão".
Ambas as editoras parecem estar indiciadas na utilização de facturação falsa com recurso a sociedades ‘offshores’ encobrindo operações que ultrapassam mais de 20 milhões de euros.
Em data posterior àquela sobre a qual incide esta investigação, a Texto Editora foi adquirida pelo Grupo de Paes do Amaral, passando a funcionar em associação com a Editorial Caminho, Edições Asa, Gailivro, etc., também adquiridas pelo mesmo Grupo.
A acompanhar, evidentemente.

Etiquetas:


Comments:
No www.blogtailors.blogspot.com colocámos um post, em actualização permanente, para este assunto.
paulo ferreira - booktailors.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home